PÁGINA DOS COROINHAS

 

 

 

 

 

 
A História de Ester

     

      Esta é a história de uma menina chamada Ester, que gostava muito de ir a Igreja, não nas celebrações aos domingos, mas de ficar na Igreja ajudando quem precisava dela. Era uma menina muito alegre e queria realizar seu grande sonho,  participar do grupo de Coroinhas e Pastorinhas da Igreja, só que ela era muito novinha e não tinha idade suficiente para tal responsabilidade.

      Certa vez, Ester estava na Igreja deitada no banco, olhando para a imagem de Jesus Cristo, adormeceu e teve um lindo sonho. Ela estava num jardim lindo e tinha uma longa estrada a se perder de vista. Como era uma menina curiosa, esperta e gostava de descobrir coisas novas, lá foi ela.

      Ester se encontrava num período da história muito importante pra nós Cristãos, foi logo após a morte de Jesus Cristo. Ela chegou numa cidade onde estavam os Apóstolos e sem que eles percebessem, ela observava a todos com muita atenção e admiração.

      Após a morte de Jesus Cristo, os Apóstolos saíram para evangelizar a toda terra, e orientados pelo Espírito Santo, puseram-se a trabalhar. Naquela época, o mundo confundia com Império Romano, que era uma civilização pagã, adorava vários Deuses, inclusive a pessoa do próprio Imperador. 

      Mesmo com todas as dificuldades, Ester viu que os Apóstolos conseguiam levar as mensagens até os pagãos inclusive em Roma, capital do Império, que futuramente seria a sede terrestre da Igreja.

      Ester viu que os primeiros séculos do cristianismo foram muito difíceis. As primeiras comunidades celebravam em casas, lugares pequenos, até mesmo em túmulos, para não serem descobertos, presos e até mortos. Ela admirou a fé e a perseverança que o povo tinha e emocionada chorava pelo sofrimento do povo.

      Mas, apesar da tristeza, ela fica feliz quando conhece Saulo - convertido - tornando-se Paulo, ele era um dos perseguidores dos cristãos. Paulo ajudava a todos depois de sua conversão.

 

  De repente, Ester é acordada pelo Pe. José, que carinhosamente pergunta?

- Ester meu Anjo, você adormeceu aí no banco?

  Ela responde que sim e que além de dormir havia tido um sonho muito bonito com os Apóstolos de Cristo, e o sonho fez com que ela reforçasse ainda mais o desejo de ser Pastorinha.

-  Por quê, pergunta Pe. José?

- Porque fiquei orgulhosa e admirei ainda mais todas as pessoas que ajudam como os discípulos a construir o Reino de Deus, respondeu ela.

-  Pe. José, eu posso ser Pastorinha?

- Oh, meu Anjo, por que não? Todas as sextas-feiras às 18:00h, tem o encontro de Pastorinhas e Coroinhas, venha conhecer o nosso grupo e quem sabe, até participar. Estarei esperando por você, meu Anjo.

     Ester nem estava acreditando no que acabara de ouvir. Foi até o sacrário e agradeceu ao Senhor pelo sonho e pela oportunidade que Pe. José lhe dera.

     Voltou para casa feliz, porque enfim, poderá realizar o seu grande sonho, ser Pastorinha.

 

autor: Elane Cristina Damásio Calixto

figuras e gifs animadas: páginas da internet

 

voltar contos

 voltar página  inicial